Disfunção erétil: Combata o estigma!

Tocx

Tocx

O Blog da Erotictoc

A saúde sexual é tão importante quanto a saúde física e mental.

No entanto, as questões de saúde sexual são muitas vezes ignoradas, devido aos tabus e estigmas frequentemente associados. Levando a que muitas vezes, as pessoas se inibam de procurar ajuda e tratamento para as disfunções de que sofrem (que muitas vezes são tratáveis).

A impotência ou disfunção erétil é uma destas questões. O que parece irracional, tendo em conta que este é um dos distúrbios mais comuns do aparelho reprodutor masculino. 

É perfeitamente normal sentir algum tipo de dificuldade com a ereção ocasionalmente. Quer seja durante o processo de endurecimento do pénis ou em mantê-lo firme. E é também fácil confundir disfunção erétil com problemas menores, pela qual grande parte dos indivíduos com pénis passa, mesmo durante a juventude. 

Longos períodos de stress, uma dieta pouco equilibrada e falta de líbido podem ter impacto na sua performance sexual. No entanto, tal pode não significar que sofre desta condição. Pois apenas é considerada disfunção erétil quando a dificuldade em manter a ereção se verifica de forma regular, impossibilitando a pessoa de ter sexo ou realizar qualquer outra atividade sexual.

A disfunção erétil é um problema comum, mais comum do que provavelmente imagina.

Um estudo realizado em Portugal revelou que aproximadamente 50% dos homens entre os 40 e os 70 anos apresentam sinais de disfunção erétil. Disfunção esta que tende a agravar-se com o aumento da idade, especialmente após os 75 anos.

Habitualmente, as causas da mesma são médicas e estão relacionadas com uma condição que afeta os vasos sanguíneos ou nervos que irrigam o pénis. No entanto, estas podem também ser psicológicas ou fruto de comportamentos que diminuem a qualidade de vida. Como é o caso do sedentarismo, obesidade, tabagismo, consumo de drogas ou álcool.

Existem também vários outros fatores que podem estar na origem desta disfunção, sendo os mais comuns:

– Problemas vasculares que causam a obstrução da circulação;
– Questões hormonais, nomeadamente o nível baixo de testosterona;
– Utilização de antidepressivos ou medicação para a tensão arterial;
– A anatomia do próprio pénis;
– Fatores mistos (mais do que um em simultâneo);

Também pode acontecer que as causas da disfunção erétil sejam psicológicas, o que é menos comum, no entanto é um problema real que pode ser tratado através de acompanhamento profissional psicológico e médico. 

Geralmente, as suas principais causas são:

– Sentimento de culpa;
– Receio de intimidade;
– Problemas de cariz psicológico (como depressão ou ansiedade extrema);
– Baixa autoestima;

Muitos homens que sofrem de disfunção erétil tendem a cair no erro de achar que a sua vida sexual chegou ao fim e que nunca mais poderão usufruir da sua sexualidade em pleno. Levando a que desistam de procurar prazer, não só com um eventual parceiro/a, mas também através da masturbação e autoconhecimento.

Embora o tratamento médico seja aconselhado para acabar com o problema, que deve ser trabalhado a vários níveis, tanto psicológicos como físicos, poderá também procurar outras soluções para o auxiliar no seu prazer.

Existem vários produtos no mercado dos brinquedos eróticos, desenvolvidos especialmente para que tenha uma vida sexual tão ou mais prazerosa do que deseja.

Estes produtos são:

Vibradores para pénis : Sim, eles existem e são perfeitos para quem sofre de problemas de disfunção erétil… ou para quem precisa de uma estimulação prolongada para sentir prazer. A maioria destes brinquedos pode ser utilizado em diferentes partes do pénis, provocando diferentes sensações e tipos de orgasmos.

Brinquedos intensificadores : Existem vários tipos de intensificadores, sendo os mais comuns em forma de anel ou manga. Estes brinquedos ajudam a manter uma ereção mais intensa e prolongada, ajudando também a retardar a ejaculação para um prazer mais intenso.

Vibradores para casal : Os vibradores para casal, são também uma boa opção para estimular várias zonas erógenas do corpo e ajudar à excitação de ambos.

Anéis penianos : Os anéis penianos são anéis que envolvem o pénis, impedindo que o sangue circule e intensificando assim a ereção, para momentos de prazer mais duradouros. Alguns anéis penianos vêm ainda com uma bala vibratória que, com um pouco de criatividade, poderá ser utilizada para estimular várias zonas do corpo, incluindo o pénis.

Massageadores de próstata : Os massageadores de próstata são um dos brinquedos ideais para quem sofre de disfunção erétil, pois permitem atingir orgasmos intensos (por vezes até múltiplos) sem haver necessidade de tocar no pénis.

Caso esteja a atravessar uma situação de disfunção erétil, lembramos que é crucial procurar ajuda profissional o mais rapidamente possível. Existem inúmeros especialistas preparados para o ajudar com um tratamento adequado para a sua condição.

Não caia no erro de investir em produtos como comprimidos e cremes de virilidade disponíveis no mercado, de forma a procurar uma solução rápida para o problema e evitar consultar um especialista.

Para além de estar a correr o risco de utilizar produtos que não são seguros, ao não procurar ajuda poderá inconscientemente estar a agravar uma condição, que poderia ter uma solução fácil e permanente.

Não deixe que os estigmas lhe roubem o prazer da sua sexualidade.

Toque-se

E faça parte do clube mais divertido de sempre

Toque-se

e descubra-se
Clique Aqui

Talvez queira ler...

sexualidade

Quantas vezes devo fazer sexo?

Quantas vezes devo fazer sexo? Não sabe quantas vezes deve fazer sexo? Existe alguma regra a seguir? Todos sabemos que o sexo pode ser uma

Ler Mais »
sexualidade

Poliamor

Há cada vez mais formas de viver o amor em sociedade. O poliamor é uma delas.  No entanto, para compreender do que se trata, e

Ler Mais »

Este website usa "cookies" para possibilitar o seu acesso a nossos serviços e personalizar o seu uso da internet.